quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Na Luta Contra a Violência

   


   Inconformado é como me sinto ao ser telespectador de muitas barbaridades que acontecem diariamente em minha cidade, em meu estado, em meu país, enfim, em meu mundo. Que tipo de animal racional é o homem que espanca, que tortura e que mata? Que tipo de animal racional é o homem que tira o alimento do irmão, tira o teto do vizinho e sai queimando andarilhos que de bens, mal tem a rua um cobertor rasgado e por um oferecimento do lixo consegue ter também um papelão?
  O mundo se encontra como verdadeiros bueiros, onde tudo, ou quase tudo, se encontra sujo e poluído, imundices governadas por ratazanas, onde as baratas se proliferam e serpentes ao extremo venenosas tomam conta e dominam, atacam e exterminam, serpentes essas bem piores que as najas, não rastejam, andam e bípedes, fazem questão de pisar sobre uma coisa, um sentimento, uma sensação que aos poucos vai descendo por ralo abaixo, uma coisa rara, tão escassa quanto ouro, quanto a água pura, a PAZ!
  Tão torturante como sofrer algum tipo de violência é ver, ter notícias de alguém que faça parte de seu ciclo de relações ou não, ser vítima parcial ou total desse ato, não quero aqui limpar minha barra e dizer que nunca fui tomado por ataques de fúrias, estaria com certeza mentindo, é natural do ser humano sentir desse mal. Mas, não é nada natural se deixar dominar por essa doença, fazendo assim com que tiremos a vida do próximo, é vergonhoso, é lamentável é TRISTE.
   Essa corrente maléfica é crescente, embora o desejo de justiça seja tão crescente quanto ela, é questão de lógica, uma coisa puxa a outra, se não existissem injustiças, qual seria o motivo, de querermos o inverso? Eduquemos nossas crianças para que futuramente elas não possam serem tão reféns desse mundo, no qual elas possam ser também as futuras vítimas, eu não preciso disso, você não precisa disso, e elas definitivamente também não. Façamos valer a VIDA, façamos valer uma coisinha básica que se chama DIREITOS HUMANOS, dessa maneira o mundo como em um processo de evolução se limpará de energias e ações mais do que negativas.

9 comentários:

  1. Dá até preguiça ver os jornais, só violência... onde será que vamos parar?

    Retribuindo sua visita e seguindo de volta.

    Gabriella Reis
    http://ehcorderosachock.blogspot.com
    http://www.facebook.com/ehcorderosachock

    ResponderExcluir
  2. Compartilho da sua indignação... mas...Sinceramente muita coisa sai impune por conta dos direitos humanos...o que teríam que rever é a lgislação mesmo.

    ResponderExcluir
  3. retribuindo a visita =}.
    Tenha uma ótima tarde
    http://bonekkinhaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Retribuindo sua visita.
    Seguindo tbm: http://quebizarrice.blogspot.com.br/
    A violência mata o ser humano.

    ResponderExcluir
  5. Seguindo... se puder segue de volta e dá uma conferida no meu blog.


    http://limaounada.blogspot.com.br/2013/01/caverna-do-dragao.html

    ResponderExcluir
  6. Apoio totalmente! Parabéns pelo blog. Seguindo, se puder, segue também http://vidradaemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Muito interessante o seu blog! Escreve muito bem!

    http://blogdosonhadores.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Violência gera violência
    Esse mundo esta caótico, e o dinheiro se torna mais importante do que toda as outras coisas

    ResponderExcluir
  9. Deixo meus sinceros agradecimentos a Gabriela Reis, Li Limeira, Jéssica Taiane, Yuu, Doseilah que aliás seguirei o limaounada, Blog Vidrada em Livros, Larissa Duarte e Bruno Dias, vlw por participarem do Faz Parte de Mim. Sinta-se a vontade para voltarem quando quiserem!

    \o/ ;)

    ResponderExcluir