quinta-feira, 12 de abril de 2012

Contrariedades



   Pegando carona na onda da fotógrafa Hana Pesut, que teve a brilhante ideia de inverter as vestimentas tradicionais de homens e mulheres, como forma de criação de novos conceitos inimagináveis no mundo da moda, coisa bastante natural nesse meio, levanto aqui algumas questões que já fazem parte do mundo contemporâneo. O que na moda pareceu algo surreal e curioso de se ver, no dia a dia é cada vez mais comum presenciar os papéis de práticas masculinas e femininas passando por essa transformação.
  Não muito tempo atrás, serviços de homens e mulheres eram bastante definidos no mundo trabalhista, o machismo como ato aceitável dominava os lares pelo o mundo afora, só que este fato graças à determinação e a luta nada fácil das mulheres está fazendo parte de um passado cheio de repressão e desconfianças de suas capacidades, o "clube da luluzinha", está fazendo bonito e passando por cima de todos os tipos de preconceitos.
   Seja na construção civil, operando diversos tipos de máquinas e até mesmo no futebol, elas estão mostrando que aquilo que dizíamos serem coisas de homens, também são coisas delas, e vice-versa. Todos sabem que clínicas e salões de beleza estão sendo cada vez mais frequentados pelo o universo masculino, o que ao ver de muitos homens era uma frescuragem por parte delas (Depilação, uso de diversos tipos de cremes, enfim, vários métodos de cuidados com a beleza), hoje, esses costumes já estão fazendo parte da vida de muitos machos.
   Com isso, não podemos julgar as pessoas pelo o que elas parecem ser e sim pelo o que elas podem fazer, essas trocas de experiências do universo masculino e feminino podem ensinar ambos, muitas coisas, acima de tudo como viverem melhor, o fato é que entre a disputa histórica do azul e rosa, tudo se mistura e todos se gostam, não temos motivos para inventar competições, sendo que temos a possibilidade de trabalharmos e vivermos unidos, afinal de contas, a união não faz a força?

8 comentários:

  1. bom texto.
    mas essa troca de roupa ficou ridículo

    ResponderExcluir
  2. Ih! Mas o "mundo da moda" é q é atrasado, pintudas e bucetudos existem na sociedade desde q o mundo é mundo...

    ResponderExcluir
  3. Que criativa fotógrafa... Muito boas suas considerações também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é mesmo hein Aline que pessoas se travestem a gente cansa de saber, mas daí uma profissional ter a coragem de divulgar, publicar, fotos como essas é muita coragem, as pessoas podem gostar ou não, valeu pela audácia! Tiro o chapéu. Aproveitei o seu trabalho para escrever em cima disso.

      Volte sempre q puder!

      Abraços [ } carinhosos.

      Excluir
  4. teu blog é siimplesmente incrível, adorei os posts, principalmente este q me chamou muito a atenção...já estou seguindo e deixo aki meu humilde convite para q me sigas também... voltarei sempre!
    www.paullolenore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pelo elogio, estive visitando seu blog e não deixa a desejar tb não. Vc escreve muuuito bem mesmo. Parabéns!

    ResponderExcluir